quarta-feira, 8 de julho de 2009

Ainda cá estou! (Sobre)Vivo!

Antes de mais, deixem-me dizer-vos o quanto é reconfortante chegar ao Blog e ver tantas mensagens de apoio e força! ;)
Tem sido muito importante a confiança e a calma que me têm transmitido... o fundo do coração Obrigada!
Vamo às novidades!
09h00 - Hospital
Fiz o CTG , que estava muito estranho, pois o Martim não se mexia e dormia profundamente... tiveram de me dar rebuçados e por três vezes utilizar uma espécie de "bezouro" que dava choques e fazia barulho na barrriga, mas ainda assim, ele continuava a dormir... (haja alguém que consegue descansar no meio disto tudo, deve sair ao paizinho! ;) )
Depois de 4h30 à espera lá chamam pelo meu nome.
Uma médica extremamente simpática com 2 estagiárias aguardavam-nos...
Muita conversinha à mistura, dei para perceber que a minha médica (Drª Antónia) é uma espécie de "Deusa" no hospital... A Drª Antónia isto, a Drª Antónia aquilo... bla bla bla...
Pensava eu que íamos marcar apenas datas quando oiço o quê?
Vamos fazer a-maior-dor-da-minha-vida-até-à-data (leia-se toque)!!! Oh nãaaaaaaaaao! Ainda nem 24h passaram o último , e pergunta-me : "Posso?"
Se eu dissesse que não, adiantava???
Exacto.
Entretanto manda uma das estagiárias fazer o toque... claro que como ele está subido, ela não tinha experiência nem Know how para ver o que quer que fosse...
"vou ter de ser eu a observá-la, posso?"
Mais uma vez pergunto: Adiantava se eu dissesse que não?
Exacto.
Mais uma vez a-maior-dor-da-minha-vida-até-à-data!
Por instantes pensei que ía desmaiar... De repente a médica diz:
"Está a sair um liquido.. acho que está a perder liquido amniótico... vamos ter de interná-la já!"
Nisto olho para o pai do Martim, que está de semblante carregado e com olhar apreensivo...
"Também lhe está a sair o rolhão mucoso!"
Naquele instante fui invadida por milhares de pensamentos... "medo, pânico, insegurança.." senti-me minima e indefesa.
Minutos depois diz:" Não, não me parece que seja liquido, mas agora quando for para casa vai ficar atenta e ao minimo sinal urgências!"
Entretanto combinamos o seguinte e é este o ponto de situação:
Dia 15 vou lá a uma consulta às 10h para fazer novo toque, sou internada às 19h, para que me seja induzido o parto ou feita a cesariana (consoante a posição do Martim), pela minha médica, que estará de banco 24h no dia 16.
Em suma, se ele não nascer antes, dia 15 sou internada...
Sinceramente, as datas começam-me a ser irrelevantes...
Imaginem que a Drª Antónia não quer provocar o prto nem fazer a cesariana no dia 16? Exacto. Não vou criar mais expectativas, MESMO.
A questão do Martim, é que ele continua muito subido, o colo do útero fechado, tem muito liquido amniótico ,pelo que está numa posição móvel... ora transverso, ora cefálico...
Não sou maricas, nem nunca fui... tenho uma tolerância à dor até bastante elevada... Mas começo a ficar sem forças... as dores são insuportáveis, ao ponto de não conseguir andar!
É mesmo necessário esperar tanto?
Estou com 38 semanas e 1 dia, na semana passada ele já tinha 3,220grm... No dia 16 terá quanto... 4 kgs???
O peso, a falta de dilatação seguramente limitam o parto normal, para não falar da posição... Porquê deixarem-me assim a sofrer?
Não consigo entender.
Maldita a hora em que a médica tirou férias!
Até dia 15 espero que estas dores passem... são mesmo insuportáveis...
Teria a sua piada nascer a 16... eu a 16 de junho e ele 16 de Julho... ;)
A ver vamos o que os próximos dias nos reservam...
Vou tentar desansar e descontraír um pouco!
*

5 comentários:

carmo pinto disse...

sabes depois de te ler fiquei a pensar o porke deixar te ainda a sofrer mais!
esses toques devem ser do caraças!
nõ me lembro nada de os fazerem das minha ninas,alias até o ctg só me fiseram no dia do internamento delas...aqui do Rodrigo ainda nada e possivelmente nem faram!
agora uma coisa é certa era bonito demais nascer dia 16-06... :)
amiguinha muitos banhinhos para relaxares...descanços e miminhos...
realmente ainda tens de esperar um cadito até ao dia 15...ou não lol
jinhos

Sarah disse...

Que maldade!!!
Minha querida Tânia nenhuma palavra é suficiente para te animar e confortar.
Estás no meu pensamento ... estás no pensamento de todas e todos que te seguem assiduamente neste cantinho ternurento.
Muita força ... muita energia positiva ... muitos mimos ... e muitos beijinhos
Se precisares de algo apita!

Sara disse...

O Martim não quer deixar para já a mamã :) Depois vai ter tantas saudades da barriguinha... É por isso que quer aproveitar todos os minutinhos :P
Fazes bem em não criar espectativas...mas imagino que esteja a ser difícil! Força minha querida! Aproveita o final da gravidez que agora é uma questão de dias.
Beijinhos

mae disse...

Querida futura mamã, estava anciosa por novidades, parece que afinal o Martim está tão bem que nem quer sair da barriguita da mamã.
Já dizia o outro: "muita calma nessa hora" tem paciencia já está quase vais ver, o pior é essas dores eu sei, mas pensa que estás a passar por isto pelo teu bebé e quando ele nascer vai fazer te esquecer tudo isto e se fores como eu vais morrer de saudades de o ter na barriguinha.
Estas dores não são nada comparadas com a alegria e felicidade que ele te irá dar.
Mais uma vez te digo: Muita coragem e força porque é pelo Martim:-)
O meu pensamento está em ti
Beijokas

Anónimo disse...

Força Starfish! É por uma boa causa! Logo, logo já terá esquecido tudo qdo tiver o Martim nos braços!
Abraçeijos,
Grávida de 34 semanitas