quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Bicho Mau - DPP

Se durante a gravidez  DPP era sinónimo de data Prevista de Parto, depois dos pequenotes cá fora o dicionário diz diferente!!!
Depressão Pós Parto!!!
Este é um tema ,ainda considerado por muita gente, tabu.
É daquelas coisas que ninguém fala, mas toda a gente sente!
Xô Bicho Mau!!!

Ontem enqiuanto respondia a uma das nossas Seguidoras, dei por mim a pensar profundamente nesta questão!
Eu não fui excepção, e confesso que o primeiro mês de Vida do Martim foi muito complicado... Tornei-me super-protectora, não queria que ninguém lhe tocasse, e apesar da inexperiência típica de uma mãe com um primeiro filho, pensava que só eu sabia cuidar dele...
Não mudei assim tanto de opinião (!)... é nosso... é tudo! O medo da partilha e do que daí poderá advir é assustador!
Ser mãe é um enorme desafio... testa as nossas capacidades e eleva todos os nossos defeitos e qualidades, ao limite!
Não há " A formula" correcta..."o segredo"...
Quando o Martim nasceu, senti-me extremamente vulnerável. Primeiro, culpei as hormonas... depois rapidamente percebi que esta sensação tinha vindo para ficar... O meu coração deixou de bater no meu peito... E como em todas as transformações e mudanças, tem necessariamente de haver um período de adaptação... Há pessoas que intrinsecamente se (re)adaptam, outras há que levam o seu (mais) tempo... 3,4,6,8,12 meses? 2 Anos? A Vida,como a conhecíamos, deixa de existir... e este período não é mesurável... Acredito que o tempo e a natureza se encarregam de dar uma ajuda!

Há que ser paciente e Acreditar!

Aqui podem ler mais sobre o assunto.

6 comentários:

Aline disse...

Olá.
Também penei um pouco com isso. E ainda estou a ressentir, apesar dos primeiros tempos terem sido complicados. Há quem pense que a DPP é só a rejeição ao bebé e que, por não terem esse sintoma não têm DPP. Mas não é bem assim, aquele é o estádio mais grave, quando não aquele que é levado ao extremo de actos mais graves ainda.
As hormonas têm têm muita culpa, sim Senhor. Mas há que estar vigilante. Pode tocar a qualquer uma.
Beijinhos

Flor de Lótus disse...

Como te compreendo...passei e ainda estou a passar pelo mesmo.

disse...

OI...há quem nao fale da famosa DPP por vergonha, ou para dar a entender que é FORTE...Mas acho que de uma maneira ou de outra todas acabamos por a sentir na pele...cada uma à sua maneira. Há que admitir e falar com outras mamãs sobre isso, sem medo, nem vergonha...só assim sentiremos mais FORÇA. Eu sei que a mim me custou muito, pois sempre demoro muito tempo a fazer adaptação a coisas novas na minha vida! Já lá vão 4 meses e há dias melhores e outros bem piores...Agora estou na fase final da licença e só choro...choro porque está a acabar o "Bebé só para mim". choro aporque ela vai para a escolinha e não sei como é a vida sem ela por perto a toda a hora...mais uma adaptação............
BJ GR

Igraine disse...

Eu... bom, eu não sei bem que diga. Também já fiz um post sobre isto e honestamente não sei o que se passa comigo. Amo a minha filha e nunca me encho, nunca a rejeitei, sei lá, nunca tive sentimentos menos bons para com ela. Claro que nem todos os dias (e noites!) tenho a mesma paciência... No entanto ando debaixo de uma tristeza enorme, tudo por causa de factores exteriores que nada têm a ver com a Morgui. Mas tenho fé e acredito em mim própria, há-de passar... =)

Beijinhos*

Anónimo disse...

como te entendo. com 6 semanas de maternidade... é maravilhoso mas em simultaneo aterrador!
Dreamed baby (forum de mãe p mãe)

Nocas disse...

Cheguei a pensar que estava a ter uma depressão... e se calhar estou mesmo!!!