sexta-feira, 21 de maio de 2010

Avós Especiais!

Talvez porque a Natureza , muito cedo me privou dos meus,
para mim os Avôs são uma "figura" de extrema importância na vida e educação de qualquer criança.
Eu tinha apenas 3 dias quando a minha avó paterna faleceu.
Tinha 3 anos, quando o meu avô materno partiu.
E em menos de 10 anos vi-me "orfã" de Avós.
De todos, e aqui faço o mea culpa, houve um que me marcou profundamente... pela sua simplicidade e doçura. O meu avô António (paterno). Tinha uns 15 anos quando ele faleceu, e foi terrível.
O meu primeiro contacto com a morte, e com a dura realidade de perder alguém.
Dias antes disse-me que no dia em partisse, o seu lindo-olho-azul ficaria para mim... (ainda não foi desta!)
Este pequeno apontamento para vos falar de uma avó especial.
Adorei conhecer este cantinho, e espero que não me leve a mal por partilhá-lo convosco!
(óptima dica, como sempre Sarah!)
A Mariana é uma bebe de sorte!

4 comentários:

Tania e Santi disse...

Quase chorei....

Perdi o meu avó materno c 10 anos...era um DOCe...assim cmo todos os outros....

Mas a vida roubou-me as minhas duas estrelinhas brilhantes (avós) a ano passado em menos de 5 meses, ainda n recuperei, elas foram grandes pilares na minha vida..Agora só tenho o meu Avô-olho-azul que o acho tão infeliz, ele sofre por ja n ter o Amor da sua vida e eu sofro por ele :'(

Starfish disse...

Tânia,
Só por terem passado na nossa vida, já somos afortunadas!
*

Sandra disse...

A ler estas palavras fiquei a pensar porque até sou uma sortuda... ainda tenho as minhas duas avós e ainda tenho uma bisavó!!! Por consequência o Martim tem 3 bisavós, uma tetravó, dois avôs e duas avós mas... o quadro não é perfeito, e se bem que do lado da mama~só o avÔ e a bisavó contam ( tanto a avó, como a bisavó e tretavó, por vicissitudes da vida não fazem parte da nossa vida. ) e do lado do papá... ligar ao MArtim é só pegar ao colo e vê-lo quando o rei faz anos, porque têm uma vida muio ocupada (?!)....não querem saber se o menino está doente, não se importam com o seu desenvolvimento e só em festa gostam de o exibir como se fosse um troféu, fruto do seu trabalho!!! Realmente cada vez entendo mais que sou afortunada sim, porque os que tenho prezo e os que na minha vida passam esses sim, deixaram marca e sei que teriam adorado conhecer o meu principezinho, e sei que , estejam onde estiverem estão orgulhosos.

Filipa disse...

Agora até fiquei com a lágrima no olho. Não só por referires de maneira enternecedora os "nossos" Avós (felizmente não sei o que é isso, tenho os meus 4 avós!), como referires o quanto especial é a minha mamã :) E é mesmo. É uma avó super hiper mega babada.

Obrigada Starfish,
um beijinho
Eliana