quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Quem não gosta?

Ao colo do Avô
À lente de: Mariana Megre


Esta manhã, antes de sair de casa, o "sombra"
 (como é ,carinhosamente,conhecido agora no meio familiar!)
andava constantemente atrás de mim...
Ora a gatinhar, ora a andar.
Viro-me 20 segundos, e lá vem aquele som ensurdecedor.
Queda!
Sem perceber bem onde bateu
(na cabeça claramente, mas na porta? no chão?),
apresso-me a pegar-lhe ao colo e a confortá-lo.
Chorou um bom bocado, até se aninhar a mim.
E sabem aqueles abraços-mais-que-perfeitos?!?
Foi assim que ficamos uns bons 30 minutos...
E isso para mim é o melhor.
É tudo.
Aquele abraço que enrosca e me asfixia, mas que me derrete e enche o coração!

5 comentários:

Loira disse...

Eu até gosto quando este cai (é raro), vou logo a correr para o meu abraço-perfeito... mas nunca dura mais de 30 SEGUNDOS!!! Menino da mamã? Tá bem, tá! Bem enganada fui!!!

Starfish disse...

Eles são uns vendidos!
O meu é igual!
PAAAAAAAI! ;)

eu disse...

Baaaah!!! Até me arrepiei!!!
Adoro esses abracinhos... o AM gosta é de dar o abracinho mas ao mesmo tempo deita a cabecinha no meu peito......ai é tão bom!!!
Os nossos meninos.
BJS às 2

Starfish disse...

Eu,
É o melhor do Mundo!
*

Nocas disse...

Aqueles abraços, que nos dão direito a lagrima no olho..