quarta-feira, 25 de maio de 2011

Partilhá-lo com o Mundo...

Protegê-lo nas minhas mãos.
Não o entregar ao Mundo, receosa, do que este lhe possa fazer.
Nas 11 visitas que fiz a Colégios, foi preciso parar e reflectir.
Serei eu demasiado exigente, ou estarei apenas a colocar obstáculos onde eles não existem,
sob pretexto de o manter debaixo da minha asa?
Serão todos assim tão maus, ou serei eu tão intransigente a ponto de não gostar de nenhum?
Hoje ,com o Pai, e na companhia do Martim, fomos ver mais uns quantos.
Alguns que já tinha visitado, e outros novos.
E logo na primeira visita, percebi o MEU problema.
Ele estava ao colo do Pai, que o colocou no chão.
Sem hesitar, sem olhar para trás ,ele correu de encontro às outras crianças.
Assim.
Ficou entretido a brincar, enquanto nós visitamos o colégio.
"Não se preocupe mãe, se ele chorar nós levamo-lo logo ao seu encontro."
Decorrida meia hora, nada.
Ele ficou, comeu bolachas, e na hora de vir embora chorou.
Queria ficar.
Um misto de orgulho com tristeza, porque afinal quem teme a Entrada no novo Mundo sou eu.
E, assim, os 3 escolhemos o Espaço, onde esperamos que seja tão amado e feliz como em casa.
De coração apertado, percebo que tenho de o deixar voar.

13 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Por muito que nos custe eles tem de crescer, e aprender a ficar longe de nós...

KUUKA disse...

Irá sempre doer-nos mais a nós!!!!Eles nem se apercebem tal é o desejo de abraçar o desconhecido e partir à descoberta!!!!
Boa sorte nesta nova aventura!!!

Sandra disse...

Tânia, foi a melhor experiÊncia que podiam ter vivido. Como já te tinha dito, nós tendemos a dar valor a algo que depois não tem tanta importÂncia assim, não porque temos a mania, mas porque queremos o melhor para os nossos. O Martim deu mais uma vez provas que não é por estar com os avós que não desenvolveu o seu social... Parabéns!!!Tenho a certeza que vão ser muito felizes! ;) E força, só custa o primeiro dia, e custa a nós!! ;)

Rita disse...

Ainda hoje e já com os seus 18 meses e estando no colegio desde os 5 meses me custa como se fosse o primeiro dia .... mas sem duvida que temos de abrir os braços e os deixar voar.
Muita sorte
beijinhos grandes
Rita e Filipe

Anónimo disse...

Tânia, partilho contigo a mesma ansiedade, a mesma angústia, deixá-los voar, não é nada fácil!!!

Kátia

A side of me disse...

Existem muitas crianças que quando são criadas por famiiares que quando estão em ambiente com outras crianças não sabem partilhar, são egoístas e individualistas acabando por se tornar um pouco adultas também. Mas obviamente que há crianças opostas que se sabem comportar como verdadeiras crianças e o pinguim é a prova de que lhe tens dado uma excelente educação. Parabéns!!

Mãe Feijoca disse...

como te percebo!
o Afonso têm 3 anos, esta na creche desde os 13 meses, e todos os dias ando com o coração nas mãos!

Anónimo disse...

Temos mesmo de os deixar voar... o meu já éstá num desde setembro 2010 e todos os dias me custa, então hoje que ele ficou a chorar como se não houvesse amanhã :(
Beijocas
Vera Russo

A tua mamã! disse...

A mim vai me custar horrores quando tiver que o deixar num sitio onde todos são estramhos para ele e para nós pais.
Mas o que eu desejo com todas as forças é que nos custe só a nós, que me custe só a mim em dobro ou em triplo mas que não lhe custe a ele!
Assim foi maravilhoso e só custa a voces...
Depois gostava de saber como vai correr, para o ano o Matias vai para o colegio e a escolha vai ser terrivel...
Beijão

Marta disse...

Sim, de facto o grande entrave por vezes somos nós Mães. Por momentos também pensei que fosse como tu: demasiado exigente e com as expectativas demasiado altas, depois percebi que colégios perfeitos não iriam existir, mas podia escolher o melhor para ele. E foi assim que o escolhi, e depois de ver todos os colégios da mesma zona.
Custa vê-los ganhar asas e voar, custa vê-los crescer e "desprenderem-se" de nós, mas é tão bom ver que ficam felizes e que gostam do lugar que escolhemos para eles crescerem...é muito bom.
Tenho a certeza que o Martim e os papás fizeram a escolha acertada.
Beijocas*
Marta e Salvador

Gi Luz disse...

revejo-me tanto.... mas por enquanto nao preciso de o deixar :) força....vai ser bom para ele e para voces ;) bjinho

ACláudia disse...

Olá...acredites ou não as lagrimas teimam em balançar nos meus olhos neste momento, porque estou a passar exactamente pelo mesmo o Martim tem 15 meses e em Setembro irá para o Colégio e cada vez que penso nisso é isto que aconteçe! Temos de ser fortes e pensar que será bom para eles conviver mais com outras crianças. Boa sorte nesta nova étapa espero que tudo corra pelo melhor.
Beijinhos

eu disse...

Vais ver que que não custa nada....ou custa pouco...ou mesmo que continue a custar, só lhe faz bem!!!

(eu e o Pai tanto num dia andamos a falar em colégios como no dia a seguir dizemos: nãoooo não vamos nada mete lo em colégios! até pesadelos já tive com o que possa acontecer sem eu estar por perto...enfim coisas de mãe, não é?!)
BJS