quinta-feira, 30 de junho de 2011

Doi-doi que [aparentememte] não doi!

Esta manhã, depois da ida à Praia com o Pai,
houve direito a jogatana de bola.
Pela primeira vez esfolou a sério o joelho, e fez sangue.
Quando me veio visitar à hora de almoço mostrou-me o "doi doi"!
Mas em vez de ser a chorar, foi em jeito de festa! :)
Orguhoso da ferida!

1 comentário:

Sandra disse...

Ferimentos de guerra são motivos de orgulho!!!