segunda-feira, 27 de junho de 2011

Em estado de choque!

Depois de um fim-de-semana a banhos, e perante uma realidade que desconhecia,
estou [entre outras coisas] indignada com o que tenho visto nas Praias do nosso País.
Nem sei por onde começar...

Que tal pelo facto, de sempre que estou a sair com o Martim da praia (máximo às 12h e já na loucura!),
ver "paizinhos" a chegarem com bebes de colo, sem um chapeu sequer na cabeça?!?
 (já para não falar do horário!!!]

Ou poderei também descrever duas situações que aconteceram na tarde de ontem, por exemplo!

1ª Duas meninas de 5/6 anos brincavam sozinhas [que é como quem diz, rodeadas de um mar de gente] à beira-mar, quando e sem supervisão resolvem dar um mergulho. Bandeira amarela, mar consistente, e vai daí, eu e o Pai do Martim só tivemos tempo de correr para dentro de água , tal qual baywatch, e resgatar as duas meninas, que já andavam enroladissimas nas ondas, aos gritos e a engolir pirolitos.
A mãe, deitada na sua toalhina a banhos de sol, nem deu conta do sucedido.
Só se apercebeu da situação, quando as próprias crianças lhe contaram, e imaginem?
Nem nos veio agradecer.

2º Do nada, começo a ouvir uma senhora aos gritos, descontroladissima, em direcção aos nadadores-salvadores.
Rapidamente percebemos o que se passava.
A filha tinha desaparecido.
"Ela foi só à agua sozinha, encher o regador, e não aparece, nem a vejo!"
Disponibilizei-me para ficar com o outro filho da dita "mãe",
enquanto uma série de pessoas procuravam pela menina.
Felizmente apareceu.
O que aconteceu foi simples: a menina foi encher o regador, mas quando se virou, para regressar para a toalha [obviamente!] não conseguiu localizar os pais,
 e então foi andado à beira-mar na esperança de os ver.
Conseguem imaginar o pranto da menina de 3/4 anos perdida?!?

Numa tarde, o meu coração quase parou por duas vezes!!!
Fica o alerta, sem falsos moralismos:
Tenham cuidado com os vossos filhos nas idas à Praia... 30 segundos de distração são o suficiente para finais infelizes!!!

6 comentários:

Sandra disse...

Tânia, aquilo que relatas de facto, é tão assustador, como frequente.
Não consigo compreender, numa época em que há tanta informação, e em que cada vez mais as pessoas são mais e mais inteligentes, como cometem estes deslizes...

Tudo o qu apontas, comentei com o meu marido, no fim de semana passado, tudo se resume á falta de cuidados... Não consigo sequer conceber a ideia de facilitar... eles são tão indefesos..(em todos os aspectos) as meninas tiveram sorte, mas será que da próxima vez, tal irá acontecer?? É uma pena que a mãe não tenha tido o discernimento de vos agradecer (no minimo) possivelmente com receio de ser recriminada, mas caramba... se não fossem vocês, sabe-se lá se alguém ia reparar... ou se se ia dar ao trabalho... é triste.

Anónimo disse...

Infelizmente há pais muito inconscientes :( este teu episódio faz-me lembrar os rochedos do Algarve....todos sabem que é perigoso que pode existir derrocada e mesmo assim metem-se lá debaixo assim como as suas crianças :S querem-se matar podem faze-lo mas pôr os filhos em perigo é que não...Não faz sentido estas irresponsabilidades!!

Depois quando as coisas acontecem a culpa é de terceiros...ou seja do nadador que não estava com atenção!! Oh good :S

Beijinhos

Princezinha disse...

É uma vergonha realmente. Eu estou com o meu filho na praia até máximo dos máximos 11:30. Doi a alma qdo estou a ir embora da praia, ver pais a chegarem com bebés que ainda andam no ovinho, ora se andam no ovinho é porque são mesmo mto pequeninos. Para mim são pais que gostam de estar o dia todo na praia e que porque não os filhos também? Desde que estejam debaixo do chapeu.....so que o chapeu também não proteje. Enfim....sei que estou a zelar pelo bem do meu filho! Nada melhor que ir de manhã cedinho até porque a essa hora nem está mta gente na praia e podemos andar e brincar mais à vontade!

-Joana disse...

É mesmo verdade! :s

Mami ( Sónia ) disse...

Não entendo onde é que estes pais tem a cabeça...infelizmente quando vou à praia, ou ao parque com a Sofia assisto imenso a isso. Fico chocada com a falta de atenção que os pais dão aso filhos. Não consigo entender não consigo mesmo!

abspinola disse...

Tudo correcto, tanto eu ja pensei nisso, tanto ja comentei com a minha cara metade sobre a falta de consciência dos Pais.
Pessoas a chegarem a praia com crianças pequenas a horas que ja deveriam ter saido da praia, será falta de avisos, será falta de informação... não... é falta de consciência, falta de educação, falta de moralidade e falta de amor pelos seus filhos.
Eu como mae e o meu filho tem quanse 4 anos nunca , mais nuca estive na praia com ele ate as 12.30 e a tarde é sempre depois das 16.30... idas a agua com a nossa supervisão, nunca deixei o Afonso sozinho... nunca...
Hoje estou em pulgas e nem consigo concentrar me no trabalho so penso no nmeu filho, ele iniciou a ida a praia pela escolinha e eu estou em pulgas para saber como correu...

Ainda ha pouco tempo no Bom Dia Portugal veio um especialista em Cancro da Pele a alertar para os perigos existentes com o sol, a exposição solar fora do horario obrigatorio,falou em casos de pessoas que vão com os filhos as consultas de pele e muitas respondem ao medico " estou de ferias Sr Dr.e quero dormir até tarde"- isto é resposta... a serio que povo é este