segunda-feira, 25 de julho de 2011

Capitulo: Sou uma mãe desatenta.

Já o miudo corria, e eu dizia que ele ainda não andava!
"Só podes estar a brincar... então ele já corre e tu dizes que ele mal anda?!?"
É verdade.
E agora, à distância , reconheço que o meu conceito de andar era de um grau de exigência extremo.
Com a fala não tem sido diferente.
"-Mas o Martim ainda não diz mesmo nada?
-Diz, uma palavra ou outra...mas nada muito perceptivel!!"
Mea Culpa.
Ele diz, diz uma data de coisas...
Diz:
Mãaaaaaaaaaaaae.
Mamã
Mamãiiii
Paaaaaaaaai
Papá
Auga [agua]
Ada [anda]
Chucha
Golo
Benfica
Cá cá [dá cá]
Pada[panda]
Gomi [Gombby]
Saia [Sara do Gombby]
Ceste [Celeste do Gombby]
Uca [Ruca]
Zizza [Pizza]
Chejinha [cerejinha]
Chenta [senta]
Pon [poe]
Suinta [supimpa!]
e
TANTAS, MUITAS outras palavras de que nem me lembro.
Na verdade , o que aconteceu foi o que toda a gente sempre me disse que aconteceria.
De um dia para o outro ele começou a falar e a dizer logo uma série de coisas.
Desde muito cedo que entende T.U.D.I.N.H.O.
E agora então, entende MESMO tudo.

1 comentário:

Cátia disse...

:) :) essas palavras devem ser uma ternura de se ouvir :D

Beijinhos