domingo, 18 de abril de 2010

Crónicas de um Baptizado #7

E pronto: Para fazer o que quero, tenho de falar com o Bispo do Distrito... Bonito!
O mais provável é ele não aceder, e então terá de ser um Baptizado "mais" Tradicional...
Como eu e o Pai do Martim não somos casados, tenho a certeza que o "Senhor" com quem falei ontem, nunca celebraria a Cerimónia! Melhor, eu também não o quero!!!
Felizmente já tenho uma igreja (onde trabalha um amigo da Família) disponível e que nos recebem de braços abertos, caso não consiga fazer o que quero, ou uma Igreja aqui mais perto... será a solução!
A pergunta que se coloca é:
Não é suposto a Igreja católica ser receptiva a abençoar e a acolher novos fieis?!?
É que com tantos quid pro quo, parece-me que estão focados em coisas menos importantes...
Caramba, são crianças de que falamos!!!

4 comentários:

*Estrelinha Piglet* disse...

Tens toda a razão no que dizes!
Cada vez menos as pessoas têm fé por todas essas atitudes da igreja!

Só para teres uma ideia, eu conheço um padre que se recusa a fazer batizados se os pais ou padrinhos não forem casados pela igreja! No entanto esse padre anda com mulheres casadas (háfa provas) e têm mulher e filho. (claro que tudo as escondidas)
Isto é ridiculo e cada vez mais a igreja é um negocio e uma farsa.

bjs

Cati disse...

O padre da nossa paróquia, que até é um padre MUITO conhecido da TV, e que tem um ar todo bem disposto e bonacheirão, também é muito pouco flexível e muito desagradável... compreendo perfeitamente o teu descontentamento!

Uma beijoca e boa sorte!

Nocas disse...

Concordo plenamente..
Tive um caso na família, que só conseguiram baptizar a filha pq se casaram no mesmo dia. Eu fui convidada para madrinha da bebé, mas como não tenho o crisma, estava grávida e não sou casada fiquei como testemunha..

Tenho pensado várias vezes se baptizou ou não a minha filha!!!

Tania e Santi disse...

Tb tou feita...nao sou casada, n sou catolica praticante...uiiiiiii