quarta-feira, 23 de junho de 2010

Martim não!

Finalmente o menino-do-mar começa a dar mostras do seu génio.
Tem sido um bebe calmo, muito doce e meigo...
Sem deixar de o ser, tem tido pequenos apontamentos de "quero,posso e mando"!
Quando algo não corre de seu agrado, o mais certo é vê-lo atirar com as coisas para o chão,
ou começar a dizer : "Nhaa, nhaaa!"... Literalmente a imitar o nosso NÃO.
Se das primeiras vezes pode ser engraçado, como rotina deixa-me à beira de um ataque de nervos.
Nas últimas duas noites tem dormido muito mal... acorda imensas vezes e anda muito choroso (a muito medo, vou questionar: dentes?).
Imaginem-me a despachá-lo para sair de casa, depois de ter mudado a fralda 3, repito 3 vezes (e das 3 vezes não era xixi!!!), e ele sistematicamente a tirar tudo o que estava dentro do cestinho, onde estão os produtos dele, para fora.
Depois de levar com o perfume na cara, gritei-lhe : Martim, não! (confesso que perdi o controle, e gritei mesmo!)
Ele olha-me nos olhos muito sério, começa a fazer beicinho, e quando as lágrimas já estão para aparecer: solta uma valente gargalhada!
?!?
Nem me deu tempo de me arrepender do grito!

Sim, porque sempre recriminei quem grita com criancinhas!

6 comentários:

*Estrelinha Piglet* disse...

Pois acredito que te custe gritar, mas ele é safado que ainda se riu lol :)
Eu este fim de semana tive cá um primo de 3 anos e meio e também não é nada de birras e assim (apesar de ser um reguila de primeira e so fazer "asneiras" lol)
Mas teve duas birras nesse fim de semana (ai meu deus)! Vê bem uma porque iamos na estrada e passamos por uma mota e depois a mota ficou para trás chorou, chorou porque queria a mota outra vez ao lado dele....
Isto tudo para dizer, que um gritinho (acho) que não faz mal a ninguem, pois eles sabem é muito!

bjs grds

R* disse...

Eu nao diria que recrminar é a melhor palavra. Ate pode nao ser alternativa, mas as vezes eles têm que perceber as coisas. Eu confesso, digo muitas vees em alto e bom som: Iris, nao!! Porque ela tem que perceber que nao se pode encostar ao forno, nao pode tar a tocar nas tomadas, nao pode brincar com os fios etc etc. E acredito que eles aprendam assim. Sempre que o faço ela nao volta a fazer. Diria muito mais, que recrimino sim, quem bate nas crianças.
Mas é como tudo, educamos como achamos melhor.
E no teu caso, lol, o martim estava literalmente a adorar a cena toda. Lol.

carmo pinto disse...

ehehe temos traquinas!
por aqui estamos há esper anciosos tb pelo 1º dentinho...!
jitos

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Eu já passei a fase do "custa-me gritar" aqui o pipoca já tem 14 meses por isso já há algum tempo que faz dessas e piores, e até o gesto da palmadinha na fralda já teve de ser pois o meu filhote é um querido mas é tão tão traquina que tenho aquela sensação de que se não lhe puser mão um dia a coisa pode dar para o torto e eu não gostava nada que ele fosse daqueles meninos mal educados...
Mas custa, educar custa...
Beijinhos grandes

Anónimo disse...

Também não gosto de gritar com o meu, mas às vezes tem de ser. Quando lhe digo Vasco não, ele fica muito sério a começar a fazer beicinho e depois faz uma gracinha qualquer para ver se eu me começo a rir (tipo estás a ralhar a sério ou a brincar) claro que me desmancho logo toda.Mas tem de ser que é para eles começarem a aprender o que está certo e o que está errado, senão qualquer dia fazem o que querem de nós(mais ainda,lol)
Beijocas
Vera e Vasco

DADE disse...

QUE TRAQUINAS O TEU MARTIM,LOL, MAS ACREDITA E COMO AS OUTRAS MAES DIZEM EU JA TENHO 2 FILHOS O MEU MIGUEL TEM QUASE 6 ANOS E FOI MUITO DIFICIL E AINDA O E DAR LHE EDUCAÇAO E UMA CRIAÇNA MUITO TEIMOSA E DE FAZER BIRRAS, O QUE JA SOFRI COM ELE GRAÇAS A DEUS AGORA O MARTIM E MUITO MAIS CALMINHO E POR ENQUANTO NAO ME FAZ MUITAS TRAQUINICES,BEIJINHOS.